Blog

Consórcios iniciam 2019 com alta de 11% nos negócios e 5% de crescimento nas adesões

Os indicadores setoriais apontam resultados positivos no primeiro mês do ano

O início de 2019 registrou alta de 4,9% nas vendas de novas cotas do Sistema de Consórcios. Em janeiro, o número de participantes atingiu 191 mil contra 182 mil no mesmo mês do ano passado. Os correspondentes créditos comercializados avançaram 11,2%, saltando de R$ 7,014 bilhões (jan/2018) para R$ 7,801 bilhões (jan/2019).

O destaque em janeiro foi a soma de 90 mil novas cotas comercializadas de Veículos Leves, representando 47,1% das 191 mil adesões. Houve ainda volumes expressivos nos demais setores: Veículos Pesados, Motocicletas, Imóveis, Serviços e Eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis

Em retrospectiva, os dados mostram que as vendas de novas cotas no primeiro mês do ano foram o segundo melhor volume quando comparado com os de anos anteriores, a partir de 2015.

O tíquete médio do mês foi de R$ 40,8 mil, 6% acima dos R$ 38,5 mil anotados em janeiro de 2018. Com 22 dias úteis decorridos em 2019, a média diária das adesões atingiu 8,68 mil, a maior dos últimos quatro anos, 5% mais que as 8,27 mil contabilizadas no mesmo período do ano passado.

No período compreendido entre o mês de janeiro de 2018 e o deste ano, com constantes avanços ocorridos mês após mês, o total de consorciados ativos atingiu 7,157 milhões no primeiro mês de 2019, 4% superior aos 6,880 milhões iniciais. 

As contemplações contabilizadas em janeiro alcançaram 103,5 mil, isto é, 1,8% mais que as 101,7 mil anteriores (jan/2018). O crescimento foi resultado da gradativa recuperação consorcial decorrente da abertura de novos grupos nos últimos meses.

Os créditos concedidos aos contemplados, cujo valor pode ter sido potencialmente injetado nos diversos setores da cadeia produtiva onde o mecanismo está presente, registraram estabilidade no início do ano: enquanto em janeiro de 2018 o total chegou a R$ 3,48 bilhões, no mesmo mês deste ano alcançou R$ 3,50 bilhões, reafirmando o mecanismo como importante participante do desenvolvimento nas atividades econômicas.
"Ao seguir ratificando o crescimento anotado em 2018, o Sistema de Consórcios começou o ano embalado na expectativa otimista demonstrada pelo mercado consumidor", esclarece Paulo Roberto Rossi, presidente executivo da ABAC Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios. "O aumento das vendas de novas cotas ocorrido em todos os setores na qual a modalidade está presente, aliado a um tíquete médio maior, comprovaram o conhecimento do consumidor mais focado no planejamento e no controle das finanças, considerando os conceitos básicos da educação financeira", complementa.

Os resultados alcançados pelo Sistema evidenciaram também a significativa presença nos diversos elos da cadeia produtiva, como no setor de motos, por exemplo, onde os créditos injetados pelas contemplações resultaram possivelmente em uma a cada duas unidades vendidas no mercado interno. Também na indústria automobilística, os veículos leves [automóveis, utilitários e camionetas] tiveram potencial presença em quase um a cada três autos comercializados no país. 

"O Sistema de Consórcios, uma criação brasileira de mais de 55 anos, está cada vez mais atual e presente. O diferencial da modalidade, bastante escolhida para aquisição de bens ou contratação de serviços, está na simplicidade de contratação e no custo adequado, sempre a partir de planejamento financeiro a médio e longo prazos", afirma Rossi.


RESUMO GERAL E SETORIAL DAS VENDAS DE NOVAS COTAS

JANEIRO DE 2019 X 2018

Os indicadores setoriais e global das vendas de novas cotas de janeiro anotaram avanços nas adesões do consumidor ao consórcio, tanto para aquisição de bens imóveis ou móveis duráveis como para contratação de serviços.

Os desempenhos em cada setor apontaram 90 mil de novas cotas vendidas de veículos leves, 72 mil de motocicletas, 19 mil de imóveis, 4,25 mil de veículos pesados, 3,5 mil de serviços e 2,25 mil de eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis, acumulando 191 mil adesões.

Estes resultados geraram crescimento nos seis setores: eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis (18,4%), serviços (9,4%), veículos pesados (9%), veículos leves (5,9%) e imóveis (5,6%) e motocicletas (2,9%). Com as altas indicadas em veículos leves, veículos pesados e motos, o segmento de automotores apresentou crescimento de 4,6%.

 

RESUMO DO SISTEMA DE CONSÓRCIOS

NÚMEROS DO SISTEMA DE CONSÓRCIOS
ESTIMATIVAS SEGUNDO A ASSESSORIA ECONÔMICA DA ABAC 

ANO DE 2019 INICIA PROMISSOR COM ALTAS NAS ADESÕES E NOS NEGÓCIOS

No primeiro mês do ano, os negócios consorciais anotaram pouco mais de R$ 7,8 bilhões, assinalando aumento de 11,2% sobre os R$ 7 bilhões do mesmo mês de 2017. 

As adesões atingiram 191 mil, 4,9% mais que as 182 mil verificadas um ano antes. Para esse total, os setores de Veículos Leves e Motocicletas contribuíram com 162 mil cotas somadas.

As contemplações em janeiro alcançaram 103,5 mil, 1,8% mais que as 101,7 mil anteriores, enquanto os correspondentes créditos concedidos mantiveram-se estáveis.

- PARTICIPANTES ATIVOS CONSOLIDADOS
  (CONSORCIADOS EM GRUPOS EM ANDAMENTO)
  - 7,157 MILHÕES (JANEIRO/2019)
  - 6,880 MILHÕES (JANEIRO/2018)
  CRESCIMENTO: 4%

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
   - 191 MIL (JANEIRO/2019)
   - 182 MIL (JANEIRO/2018) 
   CRESCIMENTO: 4,9%

- VOLUME DE CRÉDITOS COMERCIALIZADOS
 - R$ 7,801 BILHÕES (JANEIRO/2019)
 - R$ 7,014 BILHÕES (JANEIRO/2018)
   CRESCIMENTO: 11,2%

- TÍQUETE MÉDIO MENSAL (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
  - R$ 40,8 MIL (JANEIRO/2019)
  - R$ 38,5 MIL (JANEIRO/2018)
CRESCIMENTO: 6%

- CONTEMPLAÇÕES
   (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
-  R$ 103,5 MIL (JANEIRO/2019)
-  R$ 101,7 MIL (JANEIRO/2018)   
CRESCIMENTO: 1,8%

- VOLUME DE CRÉDITOS DISPONIBILIZADOS
 - R$ 3,500 BILHÕES (JANEIRO/2019)
 - R$ 3,484 BILHÕES (JANEIRO/2018)
 ESTÁVEL

PATRIMÔNIO LÍQUIDO AJUSTADO E ATIVOS DOS CONSÓRCIOS  

ATIVOS ADMINISTRADOS*
- R$ 213 BILHÕES (JUNHO/2018)
- R$ 190 BILHÕES (JUNHO/2017)
CRESCIMENTO: 12,1%

PATRIMÔNIO LÍQUIDO AJUSTADO*
- R$ 13,12 BILHÕES (JUNHO/2018)
- R$ 10,48 BILHÕES (JUNHO/2017)
CRESCIMENTO: 25,2%

NEGÓCIOS REALIZADOS GERAM EMPREGOS
E ARRECADAÇÃO DE TRIBUTOS
 
TRIBUTOS E CONTRIBUIÇÕES PAGOS*
 - R$ 1,41 BILHÃO (JANEIRO-JUNHO/2018)
 - R$ 1,34 BILHÃO (JANEIRO-JUNHO/2017)
 CRESCIMENTO: 5,2%

EMPREGOS GERADOS DIRETOS E INDIRETOS
   - MAIS DE 250 MIL**

Fontes: 
*  Banco Central do Brasil  
** ABAC

O SISTEMA DE CONSÓRCIOS DIVIDIDO POR SETORES 

VEÍCULOS AUTOMOTORES EM GERAL 
JANEIRO COMEÇA COM AVANÇOS NO SETOR

Os bons resultados nas vendas de novas cotas no setor de automotores em seus três setores ? Veículos Leves, Veículos Pesados e Motocicletas - propiciaram alta de 4,6% em janeiro e 11,1% nos correspondentes negócios realizados.

Paralelamente, as contemplações cresceram 1,2%, com créditos concedidos, potencialmente dirigidos ao setor automotivo, em quase R$ 3 bilhões.

O total de participantes ativos chegou aos 6,15 milhões, com alta de 3,2%.


 

Nos indicadores de janeiro, a soma dos créditos concedidos pelo consórcio na adição de valores disponibilizados por financiamento, leasing e consórcio de veículos automotores atingiu 19,9% do total de R$ 14,34 bilhões, com R$ 2,86 bilhões.

Ao verificarmos os dados divulgados pelo Banco Central, depois de avaliados pela assessoria econômica da ABAC, observamos uma retração de 2,3 pontos na comparação com o percentual atingido naquele mesmo período de 2018.

- PARTICIPANTES ATIVOS CONSOLIDADOS (CONSORCIADOS) 
  - 6,15 MILHÕES (JANEIRO/2019)
  - 5,96 MILHÕES (JANEIRO/2018)
  CRESCIMENTO: 3,2% 

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
   - 166,25 MIL (JANEIRO/2019)
   - 158,90 MIL (JANEIRO/2018)
   CRESCIMENTO: 4,6% 

- VOLUME DE CRÉDITOS COMERCIALIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
   - R$ 5,12 BILHÕES (JANEIRO/2019)
   - R$ 4,61 BILHÕES (JANEIRO/2018)
   CRESCIMENTO: 11,1% 
 
- CONTEMPLAÇÕES
   (CONSORCIADOS QUE TIVERAM POSSIBILIDADE DE COMPRAR BENS)
   - 94,00 MIL (JANEIRO/2019)
   - 92,85 MIL (JANEIRO/2018)
   CRESCIMENTO: 1,2% 

 - VOLUME DE CRÉDITOS DISPONIBILIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
   - R$ 2,86 BILHÕES (JANEIRO/2019)
   - R$ 2,81 BILHÕES (JANEIRO/2018)
   CRESCIMENTO: 1,8% 

- PARTICIPAÇÃO DOS CONSÓRCIOS EM CRÉDITOS CONCEDIDOS
  (PERCENTUAL DO TOTAL INCLUINDO FINANCIAMENTO*, LEASING* E CONSÓRCIO**)
  - 19,9% (JANEIRO/2019) - R$ 2,86 BILHÕES SOBRE R$ 14,34 BILHÕES
  - 22,2% (JANEIRO/2018) - R$ 2,81 BILHÕES SOBRE R$ 12,68 BILHÕES

Fontes: 
  *) Banco Central do Brasil  
**) ABAC

VEÍCULOS LEVES (AUTOMÓVEIS, CAMIONETAS, UTILITÁRIOS) 
NEGÓCIOS AUMENTARAM 11% E ADESÕES CRESCERAM 5,9%

Em janeiro, as vendas de novas cotas apontaram aumento de 5,9% com os negócios avançando 11%, em relação ao mesmo mês do ano passado. 

O tíquete médio anotou mais 4,4% sobre o valor anterior. Os demais indicadores setoriais [participantes ativos e contemplações] também indicaram crescimentos. Somente os créditos concedidos mantiveram-se estáveis.


 

No primeiro mês do ano, a potencial participação das contemplações nas vendas do mercado interno foi de 29%. Este percentual correspondeu a quase um veículo leve a cada três vendidos internamente por meio da modalidade.

- PARTICIPANTES ATIVOS CONSOLIDADOS (CONSORCIADOS)
  - 3,650 MILHÕES (JANEIRO/2019)
  - 3,525 MILHÕES (JANEIRO/2018)
  CRESCIMENTO: 3,5% 

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
  - 90 MIL (JANEIRO/2019)
  - 85 MIL (JANEIRO/2018)
  CRESCIMENTO: 5,9% 

- VOLUME DE CRÉDITOS COMERCIALIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - R$ 3,85 BILHÕES (JANEIRO/2019)
  - R$ 3,47 BILHÕES (JANEIRO/2018)
  CRESCIMENTO: 11% 

- TÍQUETE MÉDIO DO MÊS (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
  - R$ 42,7 MIL (JANEIRO/2019)
  - R$ 40,9 MIL (JANEIRO/2018)
  CRESCIMENTO: 4,4%

- CONTEMPLAÇÕES*
  (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
  - 48,5 MIL (JANEIRO/2019)
  - 48,0 MIL (JANEIRO/2018)
  CRESCIMENTO: 1% 
* EM RAZÃO DE PARCERIA ENTRE ABAC E B3, ESTE INDICADOR PODERÁ SER DESDOBRADO POR REGIÕES E POR ALGUNS ESTADOS, BASEADO NAS UTILIZAÇÕES DOS CRÉDITOS NO PERÍODO MENCIONADO. 

- VOLUME DE CRÉDITOS DISPONIBILIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - R$ 1,98 BILHÃO (JANEIRO/2019)
  - R$ 1,96 BILHÃO (JANEIRO/2018)
  ESTÁVEL 

MOTOCICLETAS E MOTONETAS
CONSOLIDAÇÃO FOI A TÔNICA DE JANEIRO

O setor de motocicletas e motonetas iniciou o ano apresentando melhor performance após a recuperação. Houve crescimento nas vendas de novas cotas e nos negócios de janeiro deste ano sobre o do 2018, com altas de 2,9% e 9,3%, respectivamente.

Paralelamente, os indicadores de contemplações, créditos concedidos, participantes ativos e os tíquetes médios do mês de dezembro e o anual apresentaram crescimento.

Em janeiro, a potencial participação das contemplações nas vendas do mercado interno de motocicletas e motos foi de 52%, percentual equivalente a uma moto a cada duas comercializadas por meio da modalidade.

- PARTICIPANTES ATIVOS CONSOLIDADOS (CONSORCIADOS)
  - 2,185 MILHÕES (JANEIRO/2019)
  - 2,150 MILHÕES (JANEIRO/2018)
  CRESCIMENTO: 1,6%

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
  - 72 MIL (JANEIRO/2019)
  - 70 MIL (JANEIRO/2018)
  CRESCIMENTO: 2,9% 

- VOLUME DE CRÉDITOS COMERCIALIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - R$ 615,56 MILHÕES (JANEIRO/2019)
  - R$ 563,42 MILHÕES (JANEIRO/2018)
  CRESCIMENTO: 9,3%

- TÍQUETE MÉDIO DO MÊS (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
  - R$ 8,5 MIL (JANEIRO/2019)
  - R$ 8,0 MIL (JANEIRO/2018)
  CRESCIMENTO: 6,3%

- CONTEMPLAÇÕES*
   (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
  - 42,5 MIL (JANEIRO/2019)
  - 42,0 MIL (JANEIRO/2018)
  CRESCIMENTO: 1,2%
* EM RAZÃO DE PARCERIA ENTRE ABAC E B3, ESTE INDICADOR PODERÁ SER DESDOBRADO POR REGIÕES E POR ALGUNS ESTADOS, BASEADO NAS UTILIZAÇÕES DOS CRÉDITOS NO PERÍODO MENCIONADO. 

- VOLUME DE CRÉDITOS DISPONIBILIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - 455,06 MILHÕES (JANEIRO/2019)
  - 449,25 MILHÕES (JANEIRO/2018)
  CRESCIMENTO: 1,3%

IMÓVEIS
NEGÓCIOS CRESCEM MAIS DE 11% E ADESÕES AUMENTAM MAIS DE 5%

O total de participantes ativos superou os 887 mil em janeiro, 6,4% acima dos 834 mil do mesmo mês do ano passado. 

Com 5,5% de alta, o tíquete médio mensal contribuiu para o aumento de 11,4% dos créditos comercializados no período. As vendas de novas cotas cresceram 5,6%.

Apesar das retrações nas contemplações e nos créditos concedidos, houve contemplados que iniciaram a formação de patrimônio, enquanto outros o ampliaram. Houve também quem preferiu adquirir imóveis para locação com o objetivo de auferir rendimentos extras e melhorar sua renda antes ou durante a aposentadoria.


 

No primeiro mês do ano, os consorciados-trabalhadores, participantes dos grupos de consórcios de imóveis, utilizaram parcial ou totalmente seus saldos nas contas do FGTS, somando pouco mais de R$ 14,2 milhões.

- PARTICIPANTES ATIVOS CONSOLIDADOS (CONSORCIADOS)
  - 887,5 MIL (JANEIRO/2019)
  - 834,0 MIL (JANEIRO/2018)
  CRESCIMENTO: 6,4% 

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
  - 19 MIL (JANEIRO/2019)
  - 18 MIL (JANEIRO/2018)
  CRESCIMENTO: 5,6% 

- VOLUME DE CRÉDITOS COMERCIALIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - R$ 2,64 BILHÕES (JANEIRO/2019)
  - R$ 2,37 BILHÕES (JANEIRO/2018)
   CRESCIMENTO: 11,4% 

- TÍQUETE MÉDIO DO MÊS (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
  - R$ 139,2 MIL (JANEIRO/2019)
  - R$ 131,9 MIL (JANEIRO/2018)
  CRESCIMENTO: 5,5%

- CONTEMPLAÇÕES
  (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
  - 6,25 MIL (JANEIRO/2019)
  - 6,60 MIL (JANEIRO/2018)
  RETRAÇÃO: 5,3% 

- VOLUME DE CRÉDITOS DISPONIBILIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - R$ 626,40 MILHÕES (JANEIRO/2019)
  - R$ 661,47 MILHÕES (JANEIRO/2018)
  RETRAÇÃO: 5,3% 

FGTS NO CONSÓRCIO DE IMÓVEIS
EM JANEIRO, CONSORCIADOS-TRABALHADORES UTILIZARAM POUCO MAIS DE R$ 14,2 MILHÕES DE SUAS CONTAS DO FGTS NO CONSÓRCIO DE IMÓVEIS

O uso parcial ou integral dos saldos das contas do FGTS totalizou pouco acima de R$ 14,2 milhões, feito por 310 trabalhadores-participantes do consórcio de imóveis.

 

Consórcios iniciam 2019 com alta de 11% nos negócios e 5% de crescimento nas adesões-1

2019. Copyright © Recon Administradora de Consórcio Ltda.

Carregando...

Não encontrou o plano que procurava?

Informe abaixo seus dados e nós entraremos em contato com você, sem compromisso.